icon-arrow-down icon icon-arrow-fill-down icon icon-arrow-next icon icon-arrow-prev icon icon-tag-close icon

Assuntos de Família

8 Coisas Que Você Já Faz Que São Ótimas Para Seu Filho

Brincar no tapete, falar durante o dia, dar um beijo no seu esposo - não tem como ficar mais fácil do que isso!

compartilhar
Você já sentiu, ao final de um dia longo e atarefado, que não fez o suficiente para ajudar seu filho a crescer e se desenvolver? Pode deixar a culpa para lá! E muito provável que você tenha feito muitas coisas! Os seguintes acontecimentos cotidianos ajudam as crianças a ficarem mais inteligentes, felizes e fortes - sem que você precise se esforçar para tanto.

1. Demonstrar carinho com seu parceiro Os bebês podem sentir um ciúme fofo quando você dá atenção a seu marido, mas não deixe que isso te atrapalhe! Um estudo realizado com 5.000 famílias britânicas mostrou que quanto mais ospais se beijam, menor a probabilidade de gritarem com seus filhos.

2. Falar - bastante. Diversos estudos demonstraram o quanto é importante para os bebês apenas ouvirem nossas vozes. E, quanto a criança tiver idade o suficiente, "falar durante o dia, mesmo se eles apenas ficarem sentados balbuciando algo, dá a impressão para a criança que você quer que ela saiba o que está acontecendo", diz a especialista em desenvolvimento e comportamento infantil Betsy Brown Braun, autora de Just Tell Me What to Say (Apenas me diga o que dizer) e You're Not the Boss of Me(Você não manda em mim).

3. Brincar no chão com a criança. Já ouviu falar que, para os adultos, subir de escada é o segredo para uma boa saúde? Especialistas dizem que brincar de barriga para baixo funciona para bebês e crianças pequenas como uma atividade que auxilia o centro de força, conforme elas tentam pegar coisas ou se equilibrar enquanto você os levanta para brincar de "aviãozinho".

4. Cumprimentar a criança ao abrir a porta. Você deu uma braço no bebê? "Essa saudação é uma mensagem muito poderosa", diz Braun. "Uma necessidade básica das crianças é a de sentir que são importantes, que fazem a diferença na família". Este simples momento significa muito pra eles.

5. Deixar que as crianças se vistam sozinhas. Leva mais tempo, mas vale muito a pena. "Deixar a criança se vestir sozinha aprimora o planejamento e a coordenação motora", diz a terapeuta ocupacional pediátrica Michelle Friedson Feld, OTR/L. "E, aprender a fazer as coisas na ordem - como colocar a cueca antes das calças - ajuda a criar uma ordem de sequência, uma habilidade de chave para a alfabetização futura".

6. Dizer não. "As crianças precisam de limites" diz Braun. Pela segurança delas, é claro, mas também "para que aprendam como lidar com limites naturais que a vida a presenta. Sempre que você estabelece um limite ou cria uma regra, você cria um futuro melhor para a criança".

7. Ler seus próprios livros (de adulto). Aquela pilha de livros no seu criado-mudo pode lhe aterrorizar, mas ela motiva seus filhos. Ver você lendo os incentiva a querer ler também. Vários estudos demonstraram que quanto mais livros você tem em casa, mais frequentemente as crianças leem.

8. Deixar a criança bater o bolo. Quando você permite que crianças pequenas lhe ajudem na cozinha, você as ensina muita coisa. "Habilidades matemáticas são aprimoradas, através da medição, e a coordenação olho-mão de desenvolve, ao despejar alimentos", diz Feld. "Mexer também é ótimo, já que ajuda a fortalecer os braços e a força do punho".

Lauren Smith Brody é escritora, consultora e fundadora de The Fifth Trimester.  Ela também está paralançar um livro de sua autoria, chamado The Fifth Trimester:The Working Mom's Guide to Style, Sanity, and Big Success After Baby  (Doubleday, Abril de 2017).