icon-arrow-down icon icon-arrow-fill-down icon icon-arrow-next icon icon-arrow-prev icon icon-tag-close icon

Desenvolvimento Infantil

Por que é ótimo ter uma criança teimosa

Faça uma nova rodada e, antes que você perceba, o jantar estará na mesa!

compartilhar

Pais de filhos com uma vontade inabalável, prestem muita atenção: Pesquisas indicam que a teimosia pode ser um sinal de sucesso mais adiante na vida. Ela está relacionada a qualidades essenciais que podem ter um efeito positivo em quaisquer objetivos de vida que seu filho tenha. Veja algumas dicas:

Teimosia faz parte da persistência. "As pessoas precisam ser teimosas; elas precisam conseguir persistir mesmo quando a coisa fica difícil", explica Karen Lock Klop, educadora, mãe de dois filhos e apresentadora do podcast We Turned Out Okay. Quer seja o impulso para se sair bem em provas ou para brigar por uma promoção, a persistência vai ajudar seu filho a chegar lá. A teimosia pode levar a um excelente nível de determinação, ambição e vigor para alcançar a linha de chegada. Estas são as qualidades necessárias para o sucesso", acrescenta a Dra. Fran Walfish, psicoterapeuta familiar e de relacionamentos na Califórnia e autora do livro The Self-Aware Parent.

Então, incentive. Lock Klop na verdade defende que você incentive a natureza teimosa de seu filho. Para embasar o argumento, ela ressalta o exemplo do livro de Angela Duckworth, Grit. "Ela escreve sobre jovens que se alistam pela primeira vez para treinamento na Academia Militar dos Estados Unidos; metade deles não conclui o curso, mas os outros simplesmente não desistem. O livro é sobre como fomentamos esse tipo de determinação", explica.

Como isso ajuda na hora em que seu filho de quatro anos está insistindo em ir para a escola de pijama? Lock Klop sugere que você deixe a criança vencer de vez em quando. Se for seguro ir para a escola de pijama, considere permitir que vá. Não se vê fazendo isso? Nesse caso, ofereça alternativas: Dê ao seu filho o poder de escolha entre duas opções que você está totalmente de acordo:

Estabeleça limites claros. Com crianças teimosas, é fundamental manter-se firme. "É preciso proporcionar oportunidades para ela experimentar tanto o sucesso quanto a falha", diz Dra. Walfish. "Se deixar que ela ganhe o tempo todo, ela está sendo preparada para decepções e pode se achar sempre no direito". Portanto, escolha as suas batalhas e fique firme. Se disser que vai embora do parquinho caso ela não pare de jogar areia, prepare-se para cumprir a promessa.

Mantenha a calma. A maneira que você reage em momentos de impasse faz toda a diferença. "Devemos entrar no que eu chamo de ‘zona cinzenta’ – nem preta, nem branca, mas mantendo atitude e tom de voz relaxados", explica a Dra. Walfish. Se conseguir manter a calma, apesar da frustação, vai mostrar a seu filho que ele não consegue manipular você com o próprio comportamento. Ao contrário, você será um modelo de como trabalhar para superar conflitos, além de ajudar a criança a relaxar e deixar a teimosia de lado.

Identifique seus sentimentos. Empatia é a chave para apoiar uma criança teimosa, para que ela se sinta reconhecida e compreendida, explica Dra. Walfish. "Isso siginifica falar em tom claro: Filho, você fica tão nervoso quando está na hora de parar de brincar. É difícil parar quando você quer brincar mais." Dar nome aos sentimentos vai ajudar seu filho a entendê-los e também a desenvolver habilidades de cooperação e resiliência para o futuro.