Importante: comunicado de Recall

icon-arrow-down icon icon-arrow-fill-down icon icon-arrow-next icon icon-arrow-prev icon icon-tag-close icon

Desenvolvimento Infantil

Como Ensinar Gratidão para o seu filho

Veja como ajudar seu filho a ser grato pelo que tem

compartilhar
Não existe orgulho maior do que ver seu filho respondendo à uma pergunta com educação ou expressando agradecimentos sinceros. Mas por outro lado, você pode se assustar ao ouvir uma frase seca como, digamos, "eu já tenho esse brinquedo". Não importa como os presentes possam parecer no momento, aqui estão seis maneiras de ensinar seu filho a não apenas aceitá-los com gratidão, mas a realmente se sentirem assim.

Treine suas palavras Demonstre o comportamento que deseja ver e ouvir sendo o própri exemplo disso. Seja ao receber um presente ou até mesmo uma ajuda, fale sobre isso de maneira apropriada, explica Jana Martin, PhD, psicóloga infantil particular em prática em Long Beach, Califórnia. Fale sobre como se sente com o presente e como irá usá-lo.

Ponha do papel Enviar notas de agradecimento é de fato uma arte extinta que, no entanto, pode ser facilmente revivida em sua casa. Deixe as crianças criarem desenhos para agradecer ou você pode pedir que ditem algo para você, diz Martin. Crianças mais velhas podem escrever mensagens curtas ou cartões postais, mas tente fazer com que sejam específicos. Deixe que seu filho explique o que gostou no presente exatamente (por exemplo, é azul, da sua cor favorita).

Destaque os exemplos Você ê alguém carregando as compras para o carro de outra pessoa? Ou um vizinho pegando o lixo no quarteirão? Ressalte tais ações para seu filho e enfatize o quão importante é para toda a comunidade quando ajudamos aos outros. Faça o mesmo quando você e seu filho escutarem palavras gentis de agradecimento. "Você pode comentar 'Aquela menina disse obrigado e eu aposto que a mãe dela estava sorrindo quando ouviu isso'", diz Martin.  

Pense no próximo Adrienne Jones, mãe de duas filhas em Long Island, Nova Iorque, faz com que suas filhas analisem seus brinquedos regularmente para doar aqueles que já não usam mais ou perderam o interesse. "Assim, elas vão curtir qualquer coisa nova que venha junto", ela explica.

Explique cada termo Fale com seu filho sobre as diferenças entre as palavras 'necessário, essencial, e desejos', sugere Molly Wimbiscus, doutora em medicina, psiquiatra de crianças e adolescentes na clínica infantil Cleveland Clinic Children's. "O necessário é preciso para sobreviver (água limpa, ar puro, abrigo, comida, amor), enquanto o essencial nos faz funcionar na vida, como a escola, acesso a computador, roupas e sapatos", ela explica. Mas os desejos são as coisas que ansiamos e talvez devêssemos merecer com o tempo. Nós guardamos dinheiro para nossos desejos, mas o necessário e o essencial são as verdadeiras prioridades.

Faça voluntariado como familia Você pode falar sobre gratidão todo santo dia, mas suas ações valem mais que mil palavras. E fazer isso como família gera um certo impacto. Tirar as folhas do jardim para um vizinho, alimentar um gato de rua ou doar alguma coisa para uma instituição local ajuda a criança a entender como ele pode ajudar e fazer a diferença. "Dessa forma, a criança entende o valor do que já foi dado para ela" complementa Martin.