icon-arrow-down icon icon-arrow-fill-down icon icon-arrow-next icon icon-arrow-prev icon icon-tag-close icon

Descubra a emoção de descobrir.

Cada dia é mais incrível que o outro, e as coisas divertidas que as crianças fazem e descobrem são as mesmas que as ajudam a aprender. Redescubra o poder de brincar. Descubra a alegria de aprender. →

Comece a navegar abaixo:

Construindo corpos ocupados

Dominar habilidades físicas é uma parte muito importante da infância. E ela acompanha o caminho de todos os aprendizados.

  • Ouvir, ver, tocar, provar—os sentidos são as primeiras janelas para o aprendizado da criança, "acendendo" áreas do cérebro.
  • De pegar um brinquedo a segurar um lápis, desenvolver a coordenação motora fina ajuda a levar ao sucesso escolar e além.
  • Grandes conquistas físicas ocorrem nos primeiros anos—e a coordenação motora grossa não para de melhorar com o crescimento da criança.
  • Sentar, caminhar, correr—é MUITA energia para desenvolver essas habilidades.

Criando personalidades confiantes

A melhor maneira de aprender? Pela brincadeira. Você vai se surpreender com o poder do cérebro que desenvolvem nos primeiros anos.

  • Estimular a curiosidade e a surpresa vai ajudar a criança a querer a aprender mais todo dia!
  • Perguntando "e se?" Sonhar com novar maneiras de ver o mundo. Ser capaz de imaginar e criar. São as marcas de grandes pensadores.
  • Como funciona? Descobrir as coisas é uma das melhores partes da brincadeira—de desafios simples a mais complexos.
  • Do ABC a leitura, de recitar números a contar coisas, os primeiros anos de brincadeira são a base do sucesso escolar e além.

Envolvendo mentes curiosas

Expressar ideias, compartilhar com amigos, ser um bom ouvinte... brincar é um jeiro natural (e divertido!) de desenvolver habilidades sociais e estimular o bem-estar.

  • Revezar e se dar bem com outros requer tempo e prática, mas fazer isso enquanto brinca fica mais fácil e divertido!
  • Uma criança consegue escutar mesmo antes de nascer—e sempre se beneficiará se for uma boa ouvinte (e falante!).
  • Sentir-se bem sobre si mesmo e fazer com que os outros saibam o que você pensa é essencial para desenvolver naturalmente pela brincadeira.
  • Crianças alegres são crianças felizes. Quando tudo está dito e falado, você quer que a criança tenha conexões emocionais, para se sentir feliz e seugar—agora e quando crescer!